A união dos segregados faz a queda do fascismo. Uni-vos!

Segregação
Dos negros, quando não podem entrar em um banco e retirar dinheiro da própria conta , porque ” preto não pode ter muito dinheiro, só pode tá roubando”.
Das pessoas trans, que são objeto de desejo durante a noite, mas são mortas a pedradas à luz do dia.
Das pessoas homoafetivas, que não podem andar de mãos dadas nas ruas da cidade, sem arrebentar-lhes os dentes.
Das pessoas com mobilidade reduzida, quando a cidade não é pensada pra recebê-las, mesmo que haja lei que assegure acessibilidade.
Das prostitutas, quando lhes é reservado um lugar longe da cidade “para exercer sua pouca vergonha”, e, essa mesma sociedade lhes nega direitos e tenta grilar suas terras, trazendo dor, falta de segurança e violência policial para seus locais de trabalho.
Pessoas intersexo, que são mutiladas no nascimento para que se encaixem a um padrão binário.
O pobre, que não pode acessar ensino, lazer, cultura, alimentação e moradia de qualidade.
O trabalhador que perde seus direitos para continuar sendo mão de obra barata…
São vários tipos de minorias segregadas. Mas são minorias, que, juntas, podem abalar o alicerce dessa sociedade que nos massacra, que acha que não podemos ter direitos, respeito, dignidade.

Somos tantos segregados, com histórias diferentes, mas com dores muito semelhantes.
E está na hora de fazer a diferença, ela virá de nós.
Que se juntem, então, todos os segregados, juntem-se em um exército para combater bravamente esse tempo de nazifascismo, segregação, ditadura e obscurantismo.
A união dos segregados faz a queda do fascismo !